terça-feira, 24 de outubro de 2017

Os dez melhores filmes lançados pelo Marvel Studios

A Marvel é uma religião. Ou quase. De todo modo, elaborar uma lista dos dez melhores filmes já produzidos pelo estúdio, “ Thor : Ragnarok ”, que está na lista, é o 17º lançamento desde que Robert Downey Jr . e Jon Favreau surpreenderam o mundo com “ Homem de Ferro ” em 2008, é mexer em um vespeiro. A lista talvez ajude a visualizar melhor como os filmes da Marvel seguem uma fórmula bem sucedida. Os três filmes do “ Capitão América ” estão na lista. É a trilogia que apresenta os filmes mais diferentes entre si e todos de ótimo nível. É claro, que nenhuma lista é unânime e nem deve ter pretensão para tanto. 10 – “Doutor Estranho” (2016) - Dirigido por Scott Derrickson, letrado no cinema de horror, “Doutor Estranho” prometia levar a Marvel a outro patamar. Não foi o caso. Repetindo beats de outros filmes do estúdio, o filme apresentou efeitos especiais vistosos e trouxe metafísica, planos astrais e o conceito de morte para a ordem do dia de um blockbuster com certo grau de sucesso. O elenco, inusitado para um filme de herói, é outro bom atrativo da produção. 9- “Homem de Ferro 2” (2010) - Mickey Rourke e Sam Rockwell fazem vilões histriônicos e divertidos; Robert Downey Jr. volta a dar show; cenas de ação caprichadas; e a melhor frase já dita em um filme da Marvel – aquela sobre a privatização da paz mundial – embalam um filme cuidadosamente hiperbólico que atestou que a Marvel estava nessa para ganhar. 8- “Thor: Ragnarok” (2017) - Visualmente delirante, o terceiro filme solo de “Thor” é uma história em quadrinhos filmada. Com mais humor e certa ambição estética do que os exemplares anteriores, “Ragnarok” pavimenta um novo caminho para a Marvel no cinema e prova que o Deus do Trovão sabe rir de si mesmo e nós rimos com ele. 7- “Os Vingadores” (2012) - O grande projeto da Marvel, o ponto final na fase 1 do estúdio no cinema, a consolidação de um dos projetos mais ambiciosos já vistos no cinema, “Os Vingadores” é um filme de equipe que aposta no humor, nos diálogos ligeiros e em cenas de ação megalomaníacas. A receita é para as massas e a bilheteria superior ao bilhão de dólares dá pouca margem para contestação. 6- “Capitão América: O Soldado Invernal” (2014) - Um thriller político de primeira linha com direito a vilão interpretado por Robert Redford. Eis aí uma senhora credencial para o filme que traz o Capitão América para a contemporaneidade e investe em trama e narrativa completamente diferentes do primeiro filme. Chris Evans e Scarlett Johansson têm uma química a la Bonnie e Clyde e garantem o escopo de filme setentista em plena ebulição da era Marvel. Foi o primeiro filme dos irmãos Russo para o estúdio. Além de “Guerra Civil”, eles dirigem os dois próximos “Os Vingadores”. 5- “Homem-Formiga” (2015) - Edgar Wright tinha um plano e ele dava conta de que “Homem-Formiga” seria um filme radicalmente diferente do que a Marvel está acostumada a ofertar. É claro que divergências criativas o retiraram do projeto. Mas seu crédito como autor do argumento permaneceu e em sua primeira hora, “Homem-Formiga” lembra mais “Onze Homens e um Segredo” do que qualquer filme de herói, mas a coisa vai diluindo aos poucos. Não que Peyton Reed, que assumiu a direção, vá em direção oposta, mas o longa termina mais comum do que começou. Ainda assim, é um filme divertido e muito bem embalado. 4- “Capitão América: O Primeiro Vingador” (2011) - Dirigido por Joe Johnston, de “Jumanji” (1995) e “Jurassic Park III” (2001), “O Primeiro Vingador” é a melhor matinê do século. Em 17 anos de muitos filmes com tal pretensão, não é pouca coisa. O filme de origem do “Capitão América” nos lembra porque gostamos tanto de produções como “Indiana Jones” e porque vibramos com nossos heróis favoritos no cinema. 3 – “Guardiões da Galáxia” (2014) - “Star Wars” encontra “Perdidos no Espaço” é uma boa definição para essa comédia de ação muito bem azeitada por James Gunn, com direito a algumas das melhores piadas da década, cenas de ação bem coreografadas e personagens muitíssimo bem desenhados. Ninguém esperava uma derrapada da Marvel, mas realmente não se esperava um filme tão bom e um sucesso tão acachapante. A sequência muito digna que chegou em 2017, não chega nem perto da qualidade desse produto pop tão bem adornado. 2 – “Capitão América: Guerra Civil” (2016) - O terceiro filme solo do “Capitão América” foi tanto um triunfo de roteiro, como da estratégia de um universo compartilhado no cinema. “Guerra Civil” não seria possível, em potência e impacto dramático, se não fosse um capítulo de uma história maior, mas também é um filme coeso e muitíssimo bem resolvido, com foco em seu protagonista, mas generoso com os muitos outros personagens. Como bônus, ainda oferta algumas das melhores cenas de ação da história do gênero. 1 – “Homem de Ferro” (2008) - O primeiro filme lançado pela Marvel, antes do estúdio ser comprado pela Disney e de se ver amarrado a fórmulas, permanece como o melhor e mais bem urdido longa do estúdio. Cineasta então pouco experimentado, Jon Favreau teve liberdade para contar uma história de origem com boas cenas de ação e muito humor. O filme tem em Robert Downey Jr., aqui redescoberto por Hollywood, um coringa e tanto. Seu charme e carisma, combinado à inteligência do roteiro escrito por Mark Fergus, Hawk Ostby, Art Marcum e Matt Holloway, garantem um filme cheio de frescor e força dramática. Fonte: Gente - iG
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top