terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Importância e benefícios da atividade física na saúde

As evidências estão aumentando e são mais convincentes que nunca! Pessoas de todas as idades, que estão de um modo geral inativas fisicamente, podem melhorar sua saúde e bem-estar ao praticar atividade física moderada regularmente. Atividade física regular reduz substancialmente o risco de morrer de doença arterial coronariana e diminui o risco de infarto, câncer de cólon, diabetes e pressão alta. Uma pesquisa publicada pelo periódico oficial da Academia Americana de Neurologia aponta que o jovem pode chegar com o cérebro mais esperto aos 40-50 anos se praticar exercícios aeróbicos desde cedo. Estamos falando de corrida, natação, ciclismo e outras atividades que fazem o coração suar a camisa. Ainda mais, a atividade física não precisa ser extenuante para ser benéfica e pessoas de todas as idades obtêm benefícios ao participar regularmente de atividade física moderada por 5 ou mais dias da semana. Atividade física regular pode melhorar sua saúde e reduzir os risco de morte prematura das seguintes formas: Reduz o risco de desenvolver doença das artérias coronárias e as chances de morrer disso, reduz o risco de infarto. Reduz o risco de ter um segundo ataque cardíaco em pessoas que já tiveram um ataque, diminui o colesterol total e os triglicerídeos, e eleva o bom colesterol HDL, diminui o risco de desenvolver pressão alta. Evidências mostram que pessoas que não praticam atividades físicas definitivamente não estão ajudando sua saúde e provavelmente a estão prejudicando. Quanto mais examinamos os riscos para a saúde associados à falta de atividade física, mais convencidos ficamos que pessoas que não praticam atividade física devem começar a se exercitar. O estudo foi conduzido por pesquisadores da Universidade de Minneapolis, nos EUA, que recrutaram quase três mil voluntários com uma média de idade de 25 anos. Foram realizadas avaliações da capacidade cardiorrespiratória e perfil cognitivo no início do estudo e 25 anos depois. Aqueles que tinham um melhor desempenho cardiorrespiratório no início do estudo apresentavam também melhores notas nos testes cognitivos. Além disso, aqueles com menor declínio da capacidade cardiorrespiratória ao longo dos 25 anos eram os que tinham o melhor desempenho cognitivo. Esse efeito certamente deve fazer diferença no risco de uma pessoa desenvolver um quadro de demência. O ineditismo da pesquisa está no fato de que, desta vez, foi demonstrado o efeito positivo do condicionamento físico sobre o cérebro mesmo entre os jovens. Pesquisas anteriores já haviam apontado esse efeito nos idosos. Quantas pessoas ingressam em um programa de atividade física, e desistem no meio do caminho por não alcançarem os resultados desejados? Uma grande parte dos praticantes de atividade física não alcançam resultados por não manterem regularidade na prática. É importante que se mantenha uma frequência regular, não adianta em uma semana fazer atividade todos os dias, na outra semana dois dias e na próxima não praticar nenhum dia. O nosso organismo precisa de uma rotina de atividade física, para que ele possa se adaptar fisiologicamente, só assim ele irá responder de forma positiva, trazendo todos os benefícios da prática. Acordar pela manhã com a sensação de que não descansou, sentir os músculos necessitarem estiramento, corpo cansado, a restrição do sono em razão dos compromissos, o excesso de responsabilidades no trabalho, escola ou faculdade, família, o uso de medicamentos, as preocupações e ansiedade acabam por influenciar nas noites de sono. Tudo isso ocasiona problemas com as atividades que exigem concentração e repouso, problemas de memória, aumento do nervosismo e irritabilidade, mudanças nas funções do organismo, tensão e estresse. A falta de exercícios, também denominada sedentarismo, aumenta em função das facilidades produzidas para o bem estar humano. As pessoas, até mesmo para comprar o pão matinal, costumam tirar seus carros da garagem para ir à padaria. A falta de tempo é o principal motivo para a não prática de exercícios, assim como o cansaço depois de um dia de trabalho. Acontece que a atividade física é importante e traz muitos benefícios para a saúde. Libera hormônios que são benéficos contra depressão, aumentam em 37% ou mais o período de sono das pessoas com insônia crônica, emagrece e proporciona uma sensação de prazer em razão das substâncias liberadas em nosso organismo. A prática de exercícios deve ser moderada, mas constante, para que não sejam desgastados os músculos e articulações e para que o sono não seja superficial em virtude do excesso de adrenalina liberada. Por isso, a atividade física não é recomendada próxima ao horário de dormir. Quem pratica atividade física, dorme mais rápido, consegue relaxar e descansa, tem um sono mais profundo, menos fragmentado e de qualidade, se sente disposto, se concentra com maior facilidade possuindo melhor rendimento, emagrece e obtém melhora na qualidade do sono e, consequentemente, na qualidade de vida.
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top