sábado, 14 de janeiro de 2017

Como aumentar a eficiência do treino de tríceps

O tríceps recebe este nome porque apresenta 3 cabeças (ou ventres). Ele possui 3 porções, que por estarem muito próximas e se unirem num único tendão são chamadas de tríceps. Todo músculo possui uma (ou mais) função principal e outras acessórias. No caso do tríceps, a sua função primordial é realizar a extensão do braço. Esqueça dos exercícios complexos e chatos que você usa para “esculpir” o tríceps como se fosse algum tipo de escultor. Em vez disso, adicione mais massa na “estátua” construindo mais massa muscular usando exercícios clássicos, ótima execução e intensidade adequada. Porém, é preciso levar em consideração alguns outros detalhes que podem passar despercebidos por alguns apressadinhos. Por exemplo, a cabeça longa do bíceps é biarticular, ou seja, passa por duas articulações. Isso faz com que o músculo fique inativo quando braço está estendido. Ou seja, quando o nosso braço está estendido (extensão do ombro), tríceps passa a ter uma força contrátil reduzida. Assim sendo, se você pretende fazer o tríceps trabalhar, manter o ombro em extensão não é uma boa ideia. Muitos devem estar, nesse momento, se perguntando quanto ao exercício de tríceps no banco ou tríceps patada. O que acontece é uma redução do trabalho do tríceps e não uma completa perda de ativação por parte das fibras. Além disso, esse tipo de exercício consegue fortalecer muito bem as cabeças curta e média do tríceps. Por exemplo, se você vai fazer o exercício de tríceps pulley o esforço que o músculo fará para mobilizar a carga será muito maior quando temos o cotovelo totalmente flexionado e o ponto de maior torque será quando o punho formar um ângulo de 90 graus com a máquina. Assim, quanto maior a flexão do cotovelo no início do movimento e a extensão ao final do movimento, maior será o trabalho realizado pelo músculo. Se quando você exercita o seu tríceps os ombros se movimentam é porque você não está fazendo o exercício da maneira correta. Se isto está acontecendo significa que a carga está além do que o seu músculo realmente consegue suportar. O resultado disso? Os ombros compensam esse excesso de carga para manter o movimento. Uma boa jogada é treinar tríceps junto com peito. Porque? Não sei se você já percebeu, mas quando trabalhamos os peitorais o tríceps também está em movimento e desenvolvendo força contrátil. Assim, unir o treino de peitoral ao de tríceps pode ser uma boa opção já que este músculo estará constantemente irrigado. Você pode achar o tríceps um músculo pequeno e até insignificante. Muitas pessoas preferem dar maior foco ao bíceps porque este consegue definir mais rápido. Porém, como já foi dito, é o tríceps que vai conferir volume ao braço. Pois bem, alternar o estímulo do tríceps com treinos variados também é uma boa opção para trabalhar ao máximo esse músculo.
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top