terça-feira, 7 de junho de 2016

Confira a programação da 1ª Bienal do Livro de Juiz de Fora

A realização da 1ª Bienal do Livro de Juiz de Fora é uma aposta de donos de livrarias e editoras não só para movimentar como para chamar a atenção para o setor, além de criar uma opção de atividade para a cidade e região em junho. Com a vinda de autores nacionais e premiados, mesas-redondas, oficinas e a possibilidade de atendimento personalizado às excursões de escola, os organizadores esperam 60 mil pessoas em seis dias. Segundo dados da Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE), Juiz de Fora conta com 135 empresas cadastradas como “comércio varejista de livros”. No entanto, o Sindicato do Comércio alerta que algumas empresas são cadastradas desta forma mesmo sem ser do setor. Para o presidente do Sindicomércio, Emerson Beloti, a Bienal vai expor para o cenário interno e externo a cidade como uma importante opção para realização de eventos. Na opinião dele, isso reflete além das livrarias e editoras. "O ganho direto é para as redes hoteleira e gastronômica, mas o comércio sente, de forma muito positiva, os impactos não só na área específica, que na Bienal seria para livrarias e editorias, mas também em setores como vestuário, perfumarias e chocolates, por exemplo. Por se tratar de um evento de duração relativamente extensa, quem chega à cidade quer conhecer, acaba consumindo, consequentemente”, destacou Beloti ao G1. Valorização e vitrine Serão mais de 60 horas de programação em seis dias de bienal. Além dos eventos oficiais, expositores irão realizar atividades próprias. Será o caso da Franco Editora e da Livraria Arco-Íris, como explica o proprietário Fernando Franco. "Queremos valorizar o que é nosso. Faremos muitas ações de lançamentos de livros com autores locais. Também receberemos escritores de Brasília e de Teresópolis. Teremos oficinas para crianças e para professores, com contação de história, sobre educação financeira, ecologia", disse O dono da Palavras & Ideias, Clerison Rocha, disse que reforçou o estoque para a Bienal, focando nas opções de livros infantil e infantojuvenil. Ele confia no resultado positivo da iniciativa para o setor. "Por causa da crise, temos que realizar este evento como o melhor do mundo. Fazer a melhor Bienal para que as próximas edições tenham um nível ainda maior. Estou acreditando no evento porque não existe um pai ou uma mãe que não queiram um filho leitor, então é um presente que não tem rejeição com todas as opções de preços para o consumidor", destacou. A franqueada da unidade Zona da Mata da editora DSOP, Ana Santhos, destacou que o objetivo é oferecer opções variadas que atendam diferentes faixas etárias do público visitante. “Além de trazer o Luiz Ruffato, vamos ter oficinas pedagógicas para adultos, professores e público infantil. Teremos todos os programas e projetos sobre educação financeira para alunos do ensino infantil ao médio. Queremos apresentar nosso acervo para a cidade que ainda não nos conhece como editora, todas as nossas obras literárias através das oficinas e contações de história", disse. Quem também espera ser vista é a equipe da Livraria Ca d'Ori. Além do acervo diversificado que estará à disposição do leitor, o público terá a chance de conversar com as autoras nacionais Nana Pauvolih e Gisele Souza, em datas ainda a serem divulgadas. "Juiz de Fora tem público que estava ávido por este tipo de evento. Acredito que a Bienal será uma nova porta que vai ampliar as fronteiras do setor. Vamos ter lançamentos, dicas de livros, porque todos os expositores e donos são amantes dos livros e estão preparados para oferecer bom atendimento a todos os visitantes", destacou uma das proprietárias Ângela Lopes. O gerente geral do Independência Trade Hotel, José Carlos Branco, disse que o momento escolhido para a Bienal traz expectativas positivas. "Já recebemos ligações de mais de 30 responsáveis por excursões de cidades vizinhas e até do estado do Rio de Janeiro buscando informações. Apoiamos a iniciativa para ter novidades que movimentem a cidade. Junho é um mês onde não haveria opções e por isso se tornou interessante para o evento, que é ainda mais importante por valorizar a leitura", destacou. Programação da Bienal Nesta semana, a organização divulgou a programação prevista para o auditório e confirmou a presença da autora Marina Carvalho ao lado de Graciela Mayrink em bate-papo literário na quinta-feira (16). O destaque da abertura na terça (14) será Luiz Ruffato em uma mesa-redonda com Sheila Smanioto sobre a Sociedade Brasileira, às 15h. E Chris Mello e Maurício Gomyde irão falar sobre a construção do romance na sexta (18). Patricia Barboza, no sábado (18), e Carina Rissi, no domingo (19), estarão em bate-papos com os leitores. Ao longo dos seis dias de Bienal, estão previstas no Auditório mesas-redondas sobre literatura e terapia, literatura e esporte. Discutindo a função da literatura e o que fazer depois que escrever um livro. Outros eventos ainda serão divulgados pela organização. A entrada é gratuita, mas é necessária a retirada do ingresso. O processo será feito no dia do evento, mas quem adiantar, já pode garantir a entrada pela internet, após cadastramento. Os organizadores reforçam a importância de que escolas públicas e particulares agendem visitas. pois poderão receber atendimento personalizado. A 1ª Bienal do Livro terá 45 estandes de editoras, livrarias e distribuidoras locais e nacionais em um espaço de 2.600 metros quadrados no Centro de Convenções do Independência Trade Hotel, no Bairro Cascatinha. A Bienal estará aberta entre terça-feira e sábado, das 9h às 22h, e no domingo, das 10h às 19h. Confira a programação: Dia 14 de junho - Terça-feira Abertura da Bienal com Fernando Franco e Marta Gusmão. Dia 15 de maio - Quarta-feira 14h - Encontro com crianças e lançamento do livro "Sem Fraldas", de Flávia Cipriani. 19h30 - Encontro com jovens dado por Isabel Pequeno, editora do Caderno 2 da Tribuna de Minas e coautora do livro "Crônicas - Esportes" Dia 16 de maio - Quinta-feira 10h - Encontro com crianças e lançamento do livro "Uma Gatinha Chamada Sofia", de Efigênia Viana 14h - Encontro com crianças e autógrafos com Fernanda Costa, autora de "O Sabiá que não podia voar" 15h - Encontro com crianças e autógrafos com Alcina Cardoso, autora de "Pisca-alerta" (livro sobre trânsito) 17h - Encontro com jovens sobre "O Mangá - sua origem e nos dias de hoje", com Alberto Pinto 19h - Mesa de debates - "A crônica" com mediação de Maria Elizabeth Sacchetto, participação de Maria de Lourdes Abreu de Oliveira e Rodrigo Barbosa, coautores de "Contos - Esportes" e "Crônicas - Esportes" Dia 17 de maio - Sexta-feira 09h30 e 14h30 - Contação de histórias para crianças e interessados, com autógrafos de Iris Borges, autora de "Teca", "A primeira vez no circo", "Rosa Morena", "Mágicos", malabaristas e trapezistas", "Quer conhecer meus livros?"; "Quer conhecer a natureza?" e a "A arte de encantar com histórias". 10h, 10h45, 14h e 15h - Oficina de origamis com Ana Maria de Andrade, autora de " Ar doce ar", "Terra-Mãe", "Água Viva" e "Planeta menos" 10h30 e 15h30 - Contação de histórias e autógrafos de Iris Borges 14h - Encontro com crianças e autógrafos com Álvaro Mordenell, autor e dono da Editora Mais Ativos Educação Financeira, e que está lançando o livro "Quer conhecer o dinheiro?". Autógrafo também de Iris Borges, com o lançamento do livro "Quer conhecer a natureza?" 15h30 - Encontro com crianças e autógrafos com Claudia Miranda, autora de "Entre cigarras e formigas" 18h30 - Oficina para professores - Origami na sala de aula - com Ana Maria de Andrade 19h30 - Oficina para professores sobre contação de histórias e autógrafos com Iris Borges: A arte de encantar com histórias 20h30 - Oficina com professores e interessados em Educação Financeira com Álvaro Modernell, autor de livros didáticos e litirários sobre o assunto da oficina. Ele é também dono da Editora Mais Ativos Educação Financeira 18 de maio - Sábado 09h30 - Bate-papo literário com Iris Borges sobre seus livros e lançamento do "Rosa Morena". O autor e Álvaro Modernell também estará presente com o lançamento do livro "Quer conhecer o dinheiro?" 10h30 - Autógrafos: autora e ilustradora Neli Aquino encontra seus leitores de "A viagem de Worblet" (como autora); "A festa da Tati"; "Três contra um" e "Poeminhas musicais" (como ilustradora) 10h30 - Oficina para professores sobre Educação Financeira na escola, com Álvaro Modernell, especialista e dono da Editora Mais Ativos Educação Financeira 15h - Autógrafos: autora Maria Helena Sleutjes, de "O baú das piratas poetas" e outros livros, e o ilustrador Alberto Pinto, de "Os três Porquinhos", "O dia do rio", "Nomes", e "Cada letra uma aventura". Alberto Pinto estará fazendo caricaturas dos interessados 15h - Festival de contação de histórias: Iris Borges, Dalila Roufi, Juliana James, Maria Helena Sleutjes, Álvaro Modernell e interessados 16h - Autógrafos: Juliana James, autora de "Quem mora ao lado?"; Álvaro Modernell, autor de "Quer conhecer o dinheiro?" e Dalila Rouf, autora de "A menina do sim, o menino do não" 16h - Oficina para professores: Como trabalhar a poesia em sala de aula, com Marta Gusmão e Maria Diva Boechat, culminando com a contação de histórias de Iris Borges 17h - Oficina para professores sobre a contação de histórias, e autógrafos com iris Borges: A Arte de Encantar Com Histórias 17h - Lançamento da nova edição do livro "Arret", de Maria Diva Boechat e autógrafos junto com Marta Gusmão, com quem ela escrever o livro "João e Maria da Amazônia", também em nova edição e autógrafos com Marta Gusmaõ e Tânia Gusmão, coautoras dos livros "Ana e o gato"; "A pata Pituca"; "O rato Maroto" e "O tucano Solano". Autógrafo também com Vera Ribeiro guedes, autora do livro "As cores do meu Brasil" 18h - Oficina para professores e interessados sobre "A importância da ilustração nos livros infantis" com intermediação de Iris Borges e a participação de Amanda Freitas, Ezidras Farinazzo e Sandra Guarilha (ilustradores de Franco Editora) 19h - Oficina para professores sobre Educação Financeira com Álvaro Modernell, especialista e dono da Editora Mais Ativos Educação Financeira Dia 19 de maio - Domingo 10h - Encontro com crianças e lançamento do livro "Uma gatinha chamada Sofia", de Efigênia Viana 10h - Bate-papo literário com Iris Borges sobre seus livros e lançamento do "Rosa Morena" 15h - Festival de contação de histórias com iris Borges, Fernando Franco, Marta Gusmão e interessados 15h - Autógrafos com vera Ribeiro Guedes, autora do livro "As cores do Meu Brasil" 16h - Lançamento do livro "Controle do caos", de Alexandre Olortegui Mossé e Ana Goulart Fonte: G1 / Globo.com
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top