quinta-feira, 5 de maio de 2016

Mundo Fitness: entenda melhor os exercícios que tonificam os ombos

Um região com vários músculos, capaz de fazer inúmeros movimentos amplos e complexos, requer uma atenção maior no seu treino. Vamos ver como fazer um treino de ombro. O ombro é uma articulação complexa, realiza vários movimentos amplos. Sua ativação é constante, impossível trabalhar costas e peito sem precisar da musculatura do ombro. Por essas razões, muitas pessoas que treinam sentem dores constantes nessa região. Você já deve ter ouvido falar em alguns músculos: deltoide (se divide em três porções: frontal, lateral e posterior), infra-espinhal, supra-espinhal, redondo menor e redondo maior. Elevação lateral e frontal – são dois exercícios clássicos na musculação. Apesar de clássicos e de serem movimentos parecidos, trabalham o ombro de uma forma diferente. Na elevação lateral o músculo mais ativado é a porção lateral do deltoide, fazendo um movimento de abdução do ombro, no frontal é porção anterior que faz o movimento de flexão do ombro. Dicas: Não se prenda nos 90º, muito recomendado antigamente. O ombro é capaz de movimentos amplos e você pode forçar mais a musculatura aumentando essa amplitude, assim, se você não tiver nenhuma restrição no ombro, passe dos 90º. Remada alta – esse exercício também trabalha o deltoide lateral, afinal o ombro também faz uma abdução lateral, entretanto esse exercício ativa o trapézio devido ao encolhimento do ombro no fim do movimento. Dicas: Há diferentes variações de pegada, o mais indicado é fazer com triângulo, corda ou barra w, pois facilita o movimento do punho no fim do movimento. Crucifixo inverso/Peck fly – O movimento é o mesmo a diferença aqui é que um é livre e outro na máquina. O movimento é de abdução horizontal. Se assemelha com a remada alta, por isso muito comum ser usado em treino de costas. Esse exercício trabalha a porção posterior do deltoide. Dicas: é ótimo exercício para complementar o treino de costas, durante o movimento se o braço tem que abrir até a linha da ombro, quando se realiza junto aproximação da escápula trabalhamos músculos dorsais como trapézio e romboide maior. Desenvolvimento – o exercício desenvolvimento consiste em erguer o peso acima da cabeça. O músculo mais ativado é o deltoide porção lateral e frontal. Porém possui muitas variações podendo alterar o músculo de ativação. Quando livre, realizado com halteres ou barra, se percebe uma ativação do ombro por inteiro, isso ocorre para manter o ombro estabilizado. Dica: o desenvolvimento realizado atrás da cabeça deixa exposto a articulação do ombro, expliquei melhor no antigo indicado acima (movimentando o ombro), esse exercício só pode ser feito por alunos avançados, se realmente for necessário. Também é importante aquecer bem o ombro, realize o movimento com a carga baixa e antes faça o Manguito Rotador, a sua performance e saúde do ombro estarão sempre em alta! Fonte: Site Hora do Treino
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top