sábado, 19 de março de 2016

Rio 2016: a corrida olímpica pelas vagas na ginástica artística

Uma das modalidades mais tradicionais das Olimpíadas, a ginástica artística está no programa olímpico desde a primeira edição da Era Moderna, em Atenas 1896. Nos Jogos do Rio de Janeiro, serão 196 ginastas (98 homens e 98 mulheres). As primeiras vagas por equipe foram distribuídas no Mundial de Glasgow, e o Brasil conseguiu a inédita classificação do time masculino. Os medalhistas por aparelhos na Escócia também se classificaram. O evento-teste do Rio 2016, entre 16 e 24 de abril, é a segunda chance de classificação tanto para equipes como individualmente. O time feminino do Brasil buscará em casa a classificação, já que não avançou à final em Glasgow. No Mundial, as oito equipes finalistas entre os homens e as oito entre as mulheres se garantiram nas Olimpíadas - cada time tem direito a levar cinco ginastas aos Jogos. Dez medalhistas das disputas individuais por aparelhos também se classificaram para o Rio 2016 - os outros já tinham vaga na equipe -, totalizando 90 vagas distribuídas na Escócia. A segunda chance é já na Arena Olímpica do Rio de Janeiro, no evento-teste. Apenas as equipes classificadas entre a nona e a 16ª colocação no Mundial de Glasgow poderão brigar pelas quatro vagas restantes - é o caso do Brasil na disputa feminina. As vagas restantes (62) serão destinadas aos melhores ginastas do individual geral do evento-teste, com o limite de um representante por país por gênero se classificando por esse critério. Dois convites da FIG (Federação Internacional de Ginástica) completam a lista. As vagas individuais são nominais, ou seja, apenas os atletas que as conquistaram podem competir no Rio 2016. As vagas por equipes, por outro lado, são do país, que convocará seus cinco representantes. PAÍSES GARANTIDOS EM 2016 Equipes femininas (5 ginastas cada) Estados Unidos Rússia Grã-Bretanha China Itália Japão Canadá Holanda Vagas individuais femininas Alemanha (Pauline Schäfer, bronze na trave do Mundial) Brasil (1 vaga de país-sede) Coreia do Norte (Hong Un-Jong, vice-campeã do salto no Mundial) Equipes masculinas (5 ginastas) Japão China Grã-Bretanha Rússia Estados Unidos Suíça Brasil Coreia do Sul Vagas individuais masculinas Armênia (Harutyun Merdinyan, bronze no cavalo com alças do Mundial) Azerbaijão (Oleg Stepko, bronze nas barras paralelas do Mundial) Coreia do Norte (Ri Se-Gwang, campeã do salto do Mundial) Cuba (Manrique Larduet, bronze da barra fixa do Mundial) Espanha (Rayderley Zapata, bronze no solo do Mundial) Grécia (Eleftherios Petrounias, campeão das argolas do Mundial) Romênia (Marian Dragulescu, vice-campeão do salto do Mundial) Ucrânia (Oleg Verniaiev, vice-campeão nas barras paralelas do Mundial) VAGAS EM ABERTO PARA 2016 Ainda estão sem dono 114 vagas, sendo 40 delas destinadas às 8 equipes que ainda se classificarão para o Rio 2016 (quatro times masculinos e quatro femininos). Fonte: Globo.com
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top