quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Gabriel Medina dá show e conquista a sua segunda vitória no Quiksilver Pro France

A França faz bem para Gabriel Medina. Nesta quinta-feira, o campeão mundial conquistou o título do Quiksilver Pro France, nona etapa do Samsung Galaxi World Surf League Championship Tour 2015. Na final, nas ondas de Culs Nuls, Gabriel Medina superou o australiano Bede Durbidge, a surpresa da etapa e que havia barrado o líder do ranking Mick Fanning, nas quartas de final. Foi o segundo título de Medina na França, repetindo a vitória de 2011. Com um talento fora de série, capaz de resolver as baterias em poucos minutos, Medina construiu sua vitória nesta quinta-feira, com direito a nota 10 na semifinal contra Adriano de Souza, e colocando John John Florence e Bede Durbidge em combinação durante suas baterias de quartas e final, respectivamente. Com o título, o primeiro da temporada, Medina sobe para a 5ª posição do ranking, mas ainda distante do líder Mick Fanning. Com o terceiro lugar, Adriano de Souza diminuiu a vantagem em relação a Fanning para apenas 350 pontos, pois teria que ter feito a final na França para resgatar a lycra amarela. Disparado na frente abrindo a bateria final com uma nota 8 , Gabriel Medina não deu chance ao australiano Bede Durbidge que com poucos minutos de bateria, já precisava de uma combinação de notas no total de 14.50, Bede só pegou a sua 1ª onda após 15min de bateria e somou apenas 3.90. Como se não bastasse, a próxima onda de Medina foi um tubo perfeito que lhe rendeu nota 9. O resultado marca ainda o segundo título do brasileiro na França. Foi lá que, em 2011, no seu ano de estreia, o fenômeno conquistou o seu primeiro troféu na elite. Finalizando o espetáculo, Medina mandou um aéreo rodando muito alto de backside na última onda e conseguiu trocar sua segunda melhor nota por 8.50. “Fiz uma promessa a mim mesmo. Queria muito vencer um evento este ano porque há uns dois meses eu perdi o meu avô e quero muito dedicar esta vitória a ele. Agora ele está lá em cima e estou amarradão”, disse o atleta. “Estou muito feliz pela maneira como tenho surfado. Tenho conseguido fazer algumas notas 9 e 10. Meu avô sempre falava para partir para os aéreos e não tentar outras manobras. Estou feliz por ter mandando alguns aéreos neste campeonato para deixá-lo orgulhoso”, continuou Gabriel Medina. Com este resultado Medina ocupa a 5ª colocação no ranking deste ano até o momento e volta com tudo na briga pelo título, Mick Fanning mantem a liderança seguido de muito perto por Adriano de Souza. Os brasileiros estão com tudo! Brazilian Storm pra cima deles!! RESULTADOS DE QUINTA-FEIRA EM HOSSSEGOR, NA FRANÇA QUIKSILVER PRO FRANCE FINAL 1º Gabriel Medina BRA (8.50 + 9.00) 17.50 CAMPEÃO 10.000 pontos 2º Bede Durbidge AUS (4.77 + 4.67) 9.44 VICE-CAMPEÃO 8.000 pontos SEMIFINAL (1º= final/2º= 3º lugar e 6.500 pontos) S1- Bede Durbidge AUS 11.73 a 10.74 Julian Wilson AUS S2- Gabriel Medina BRA 15.67 a 11.00 Adriano de Souza BRA QUARTAS DE FINAL (1º= Semifinais/2º=5º lugar e 5200 pts) H1- Julian Wilson AUS 17.00 a 9.00 Ítalo Ferreira BRA H2- Bede Durbidge AUS 14.10 a 12.57 Mick Fanning AUS H3- Adriano de Souza BRA 15.37 a 13.83 Owen Wright AUS H4- Gabriel Medina BRA 14.43 a 13.10 John John Florence HAV RANKING MASCULINO WSL – Após nove etapas 1º Mick Faninng AUS 49.900 2º Adriano de Souza BRA 49.450 3º Owen Wright AUS 43.600 4º Julian Wilson AUS 41.450 5º Gabriel Medina BRA 40.650 (se vencer) 6º Filipe Toledo BRA 40.200 7º Kelly Slater EUA 34.150 8º Ítalo Ferreira BRA 34.100 9º Jeremy Flores FRA 33.000 10º Nat Young EUA 29.700 Outros brasileiros até 36 13º Wiggolly Dantas BRA 26.850 20º Jadson Andre BRA 19.950 21º Miguel Pupo BRA 15.250 33º Alejo Muniz BRA 8.450 ROXI PRO FRANCE FINAL 1ª Tyler Wright AUS (8.67 + 8.43) 17.10 CAMPEÃ 10.000 pontos 2ª Tatiana Weston-Webb HAV (2.63+ 8.30) 10.93 VICE-CAMPEÃ 8.000 pontos SEMIFINAL (1ª=final/2ª= 3º lugar e 6.500 pontos) S1 – Tyler Wright AUS 6.87 a 4.43 Sage Erickson EUA S2 – Tatiana Weston-Webb HAV 11.27 a 3.83 Carissa Moore HAV RANKING FEMININO WSL – Após oito etapas 1ª Carissa Moore HAV 59.500 2ª Courtney Conlogue EUA 58.600 3ª Sally Fitzgbibbons AUS 51.200 4º Lakey Peterson EUA 47.000 5ª Tyler Wright AUS 45.200 6ª Bianca Buintedag AFS 44.050 7ª Johanne Defay FRA 42.000 8ª Tatiana Weston-Webb HAV 41.300 9ª Maia Manuel HAV 34.100 10ª Nikki Van Dijk AUS 32.800 13ª Silvana Lima BRA 23.650 Fontes: Ondas do Sul | Globo.com e Poullenot/Aquashot/WSL | Gaizka Iroz e AFP
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top