segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Bodybuilding: um estilo de vida voltado à construção de um novo corpo

Quando nascemos, nossa genética vai determinar todas as nossas características físicas. Já temos uma programação para altura, cor de pele e tudo mais, no entanto, algumas coisas poderão ser modificadas, independente do que determina nosso DNA. Uma forma de modificarmos nosso corpo é através do bodybuilding. Obviamente, há limites, mas grandes transformações são possíveis, desde que acompanhadas de muito esforço e determinação. Então, o que é bodybuilding exatamente? A resposta para essa pergunta é bem literal. Bodybuilding é a “construção” de um novo corpo, uma nova forma física, através de muito exercício e dieta apropriada. Toda mudança externa depende de uma mudança interna, de um comprometimento, que só acontece quando há vontade real. Atualmente, a tecnologia, tanto na área de aparelhos de ginástica quanto no campo nutricional, implementou grandes avanços nesse segmento. Agora que já sabemos o que é bodybuilding, vamos esclarecer um pouco mais essa prática também conhecida por fisiculturismo. Antes de mergulhar de cabeça no bodybuilding, seria bastante interessante buscar apoio em alguns profissionais. São eles: Médico: Nenhuma atividade física deve ser iniciada sem antes uma consulta ao médico, para avaliação, e se necessário, alguns exames. Nutricionista: Um nutricionista também vai ajudar na definição de um cardápio personalizado, com as porções equilibradas para o desempenho das atividades físicas. Profissional qualificado: Um personal trainer pode não ser a pessoa indicada para esse tipo de treinamento. Seria muito indicado buscar alguém com qualificação específica nessa área. Alguém com experiência para desenvolver um programa de exercícios, respeitando as limitações iniciais, e avançando passo-a-passo, conforme os progressos do aluno. Não adianta somente ficar levantando pesos e esperando os bíceps aumentarem de volume. Muitas vezes, outros grupos musculares precisam ser trabalhados, em conjunto, para se atingir essa meta. Mudanças Iniciais O bodybuilding só trará resultados se o praticante estiver focado nesses três itens: Treino: Os exercícios para a construção de um corpo não se limitam à malhação pesada, mas, obviamente, a musculação é o carro chefe dos praticantes. Porém, o treino aeróbico é necessário para o fortalecimento cardíaco, enquanto a malhação promove uma hipertrofia de grupos musculares, que se caracteriza pelo aumento do volume desses músculos. Dieta: A dieta para o praticante do bodybuilding, além de balanceada, deve ser muito pobre em gordura, uma vez que a ideia é criar massa magra; porém, é fundamental que seja rica em nutrientes e vitaminas. Isso significa 6 a 7 refeições diárias, com muita proteína e pouca gordura. Para pessoas comuns, a dieta de bodybuilder parecerá um exagero, mas é preciso levar em consideração a exacerbada atividade física e muscular, o que justifica esses valores hipercalóricos. É preciso que o corpo esteja preparado para a carga de exercícios que irá enfrentar ao longo do dia. Estilo de vida: Uma vez tomada a decisão de praticar bodybuilding, é preciso ter em mente que visitas esporádicas à academia não trarão resultados. É preciso ter disciplina. A atividade física deve ser alternada com descanso, portanto, dormir boas horas de sono promoverão recuperação da musculatura para o treino do dia seguinte. É necessário cortar cigarro e álcool. Bodybuilding x Anabolizantes Apesar de estarem cientes sobre o que significa bodybuilding, nem todos têm o mesmo comprometimento diante dos resultados esperados. Muitos não terão a disciplina necessária, e preferirão queimar etapas durante o processo de desenvolvimento muscular. Uma forma de acelerar esse processo é através do uso dos esteróides anabolizantes, popularmente conhecidos por “bomba”. De fato, os efeitos dessas substâncias no organismo são tão devastadores quanto uma bomba mesmo. Nas academias é bastante comum a oferta desses produtos entre os praticantes, como também não fica difícil perceber quem está fazendo uso deles. A massa muscular nessas pessoas aumenta muito mais rapidamente. Há várias formas de anabolizantes disponíveis: em ampolas para aplicação intramuscular, por via oral, adesivos, pomadas e cremes. Todos danosos e proibidos, no entanto, facilmente conseguidos no mercado paralelo. Esse tipo de drogas tem uma indicação médica real no tratamento de algumas patologias: quando alguns homens não produzem testosterona ou apresentam baixos índices desse hormônio, alguns portadores de HIV, alguns casos de câncer, anorexia e patologias associadas a déficits de testosterona. Porém, as quantidades prescritas são mínimas, controladas, e para um fim especifico que não é seguramente o bodybuilding. Efeitos dos anabolizantes, utilizados sem controle, nem orientação: Provocam sobrecarga hepática, que vai desde uma infecção até um câncer de fígado; Causam arritmias; Aumentam o colesterol ruim; Hepatite medicamentosa; Surgimento de acnes; Queda de cabelos; Nos homens podem provocar o aumento das mamas e a redução dos testículos; Entre as mulheres, o crescimento de pelos, alterações menstruais, virilização. Substâncias Banidas pelos Bodybuilders As substâncias abaixo foram banidas pelo WNBF (World Natural Bodybuilding Federation) e pelo INBF (International Natural Bodybuilding Federation). Seu uso, quando descoberto, provocará a suspensão dos praticantes de bodybuilding, de qualquer uma dessas federações, por sete anos. Esteróides anabolizantes; Hormônios do crescimento; Hormônios, pró-hormônios e precursores; Efedrina; Anfetaminas; Implantes musculares; Estimulantes; Suplementos de origem suspeita ou não comprovada. Considerações Finais O que é bodybuilding? É um estilo de vida voltado à construção de um novo corpo. Não se trata de um hobby, algo que se faz para passar o tempo. É dedicação, comprometimento, abrir mão de várias coisas em função de outras, treinamentos pesados, exaustão. Entre os praticantes, uma frase é rotina: “No pain, no gain”. Bodybuiding não se pratica somente na academia, mas principalmente fora dela, seguindo a dieta, cortando hábitos não saudáveis, respeitando períodos de descanso. Portanto, é algo que se faz 24 horas por dia, 7 dias por semana, ininterruptamente. Essa é a única forma de se tornar um bodybuilder. Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite | Fonte: Site Mundo Boa Forma
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top