quarta-feira, 9 de setembro de 2015

6 coisas que homens e mulheres acham chato na hora do sexo

Na hora de cair na cama e se entregar ao sexo, ninguém quer saber de desânimo. Um sexo animado é, também, um sexo mais prazeroso e enérgico. Portanto, listamos 6 coisas que homens e mulheres geralmente acham chato de se fazer na cama - e que deve ser evitado. Confira: 1 - Coisas previsíveis O lance aqui é inovar. Tentar novas posições, objetos e técnicas. Sair da zona de conforto ajuda a estimular o casal a se conhecer mais e ousar na cama. Portanto, nada de previsibilidades. Abaixo o "papai-mamãe" (ou "papai-papai" ou "mamãe-mamãe"). 2 - Sexo mecânico A não ser que seja com um mecânico de verdade, o sexo não pode ser mecanizado. Sabe? Marcar hora, data e local com as mesmas condições de sempre. É muita mesmice para pouco serviço. O ideal aqui é deixar-se levar pela sensação do momento. 3 - Não dar um passo à frente Não entendeu? Simples. Sabe quando você pensa: "hum, será que eu faço isso?", mas não faz? Pois é. Na hora do sexo, ainda mais se seu (sua) parceiro (a) já for de longa data, super íntimo, vale a pena arriscar. Se não der certo, peça desculpas. 4 - Mesmo local Cansou de transar em casa? Sério? Mas você já testou a cozinha, por exemplo? E na mesa de centro da sala? Inovar é também explorar todos os espaços do lugar que você mais conhece: seu próprio lar. Transar sempre na cama é muito chato. Cansa. Vale também motéis, hotéis e revezar de casa com o (a) parceiro (a). 5 - Falar muito ou não falar nada Na hora do sexo, você não precisa fazer um discurso. Mas também não fique 100% calado. Ambos são chatos e brochantes. O legal é saber a hora de falar. Sacanagens e besteiras ao pé do ouvido também são bem vindos. Berros? Ok, tá liberado. Na verdade, tudo é liberado, contanto que seja prazeroso para ambos. 6 - Não experimentar Explorar novas posições, abusar de novas fantasias, ousar. Essa é a palavra-chave para que o sexo não se torne algo chato e rotineiro. Ouse, busque compreender no outro o que seria legal de ser feito. Converse muito a respeito, não fique calado. Assim, a noite será uma loucura. Nem sempre fazer sexo selvagem significa ir ao sex shop e comprar chicotes, correntes, algemas e todos os outros tipos de equipamentos de sadomasoquismo. Você certamente pode, se você fantasia com isso, mas nem sempre é necessário. Pense em situações que realmente você e seu parceiro iriam topar e que se sintam confortáveis em fazer. Segundo uma pesquisa realizada em 2011 pelo C-Date, 43% das pessoas gostariam de fazer sexo selvagem, 71% pensavam em sexo quatro vezes por dia, mas 94% não tinham realizado todas as fantasias desejadas na cama. Muitas vezes, as pessoas acham que o sexo precisa ser espontâneo para que ele seja romântico e apaixonado. Isso ajuda, mas não é suficiente. Para fazer sexo selvagem e deixar a situação realmente picante, você precisa criar uma base de confiança e de conforto. A única maneira de fazer isso é ter relações sexuais de forma regular, aumentando a intimidade. Para ter um sexo selvagem e apaixonado, os brinquedos para adultos podem ajudar. Vibradores de todas as formas e tamanhos, lençóis de seda, vendas nos olhos, penas, estimuladores, tudo é válido. Por mais que eles não substituam ninguém, adicionam prazer a mais na relação. Você adora a sua cama, ela é confortável e cria um ambiente perfeito para o sexo. Mas ter relações sexuais em locais diferentes pode dar uma nova vida ao sexo do casal. Fontes: Catraca Masculina, UOL e Blog do Ricky
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top