quarta-feira, 1 de abril de 2015

5 suplementos ideais para quem quer ganhar massa muscular

Ganhar massa muscular não é tarefa das mais fáceis e, muito menos, das mais rápidas. Para os músculos crescerem é preciso aliar diversos fatores como exercícios físicos regulares e intensos, dieta balanceada, períodos corretos de descanso e horas de suor e desconforto. Entretanto, existem no mercado diversos tipos de suplementos alimentares para acelerar o crescimento e contribuir para esse processo. Para facilitar sua vida, listamos os cinco suplementos ideais e que promovem os melhores resultados para quem quer “crescer”. Whey Protein Este hiperprotéico é o mais procurado e utilizado por atletas e frequentadores de academias, uma vez que sua fórmula contém diversas proteínas presentes no leite que são necessárias para o ganho de massa muscular. Extraído do soro, durante o processamento de queijos, este composto também reúne todos os aminoácidos que não são produzidas naturalmente pelo nosso corpo. Como as proteínas são fundamentais para composição muscular, o Whey Protein contribui bastante para desempenho dos músculos e para a recuperação muscular, fazendo-os crescer. Além disso, esse suplemento também ajuda a fortalecer o sistema imunológico e a controlar a saciedade. Este produto é vendido em pó, líquido, gel e barras e pode ser encontrado dividido em três grupos: concentrado, hidrolisado e isolado. Deve ser ingerido pós-treino para estimular e recuperar os tecidos musculares afetados durante o treino, que sofrem micro-lesões durante as atividades físicas. BCAA Os aminoácidos também exercem um papel essencial na formação da musculatura e o BCAA (Branch Chain Amino Acids, em inglês, ou aminoácidos de cadeia ramificada) são indispensáveis para a manutenção proteica em nosso corpo e seu funcionamento, uma vez que são as unidades principais da composição de uma proteína. Essa substância ajuda na recuperação muscular, na reparação do tecido e no desenvolvimento de um novo, amenizando a fadiga corporal e promovendo a síntese de proteínas. Além disso, é fonte de nitrogênio para fusão da glutamina – aminoácido abundante no tecido muscular, que atua como um combustível – com a alanina, que reduz a quebra proteica no organismo. Consumido em pó ou em cápsulas, o BCAA aumenta a desempenho, melhora a força e auxilia no catabolismo muscular, ou seja, potencializa o processamento desse composto no organismo. Maltodextrina Os carboidratos são as principais fontes de energia do nosso organismo e, por isso, são imprescindíveis para sessões de treinos prolongados. E a maltodextrina é um dos compostos desse tipo de substância que ajuda a manter a disposição corporal nas atividades de média e longa duração. Disponível em pó, esse produto deve ser consumido uma hora antes do treinamento, uma vez que é liberado gradativamente no nosso organismo, e até uma hora depois das atividades para recuperar a musculatura, a fim de evitar que proteínas e aminoácidos sejam desperdiçados como fonte de energia, quando devem atuar na formação e no crescimento muscular. Hipercalóricos Esse tipo de suplemento é fruto da combinação de proteínas e/ou aminoácidos com carboidratos simples, complexos ou misturados. Esse composto tem como função proporcionar grandes doses de energia para o treino e quantidades igualmente altas de proteínas para o desenvolvimento muscular, para que essas substâncias desempenhem suas funções corretamente, sem inverter seus papéis. Em contrapartida, este produto deve ser consumido com cuidado, uma vez que se o carboidrato não for adequadamente queimado durante os treinamentos para se tornar massa muscular, pode ter efeito contrário, engordando. Além disso, essa substância eleva a produção de insulina no organismo, o que pode provocar hipoglicemia ou efeitos colaterais como náuseas, vômitos e diarréias. Creatina Utilizado principalmente para aumentar a força durante o treinamento e ‘inchar’ o músculo, este produto é um composto de aminoácidos. Vendido em pó, que deve ser misturado à água, este suplemento aumenta e dá maior força à musculatura. A creatina retém água dentro do músculo, aumentando o tamanho das fibras e fazendo com que as células fiquem mais hidratadas, o que estimula o crescimento muscular. Outro fator positivo deste produto é que ele produz energia imediata, sendo ideal para treinos de explosão de força. Contudo, o mesmo processo que retém líquido e cresce os músculos, pode prejudicar outros órgãos, principalmente os rins, por conta da diminuição da excreção de urina. Por isso, este produto deve ser ingerido com pausas mensais por conta da retenção de água. É importante salientar que todos esses complementos alimentares devem ser consumidos com orientação médica ou de nutricionistas, principalmente em crianças, idosos e gestantes, e não servem de substitutos de alimentos.
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top