sábado, 25 de outubro de 2014

EDM: quem são os nomes por trás da indústria de U$6,2 bi?

Quem são os grandes nomes por trás da indústria da EDM, que movimenta anualmente mais de U$6,2 bilhões? Para desvendar este segredo, a revista Billboard foi atrás de empresários e DJs responsáveis pelo “tastemaking” da EDM, ou, literalmente, pela criação e gestão do gosto musical das pessoas. Resumindo, é por consequência do que estas pessoas fazem que você ouve, toca ou até mesmo gosta de um tipo específico de música. Abaixo, confira as pessoas destacadas na matéria e o porquê de serem tão especiais dentro desta indústria que tem tomado o mundo, e em especial os Estados Unidos. Skrillex O DJ, produtor e fundador do selo Owsla, é considerado mais do que um representante de peso da EDM (e do Dubstep Norte-Americano), mas um patrono: o músico ganhou seis prêmios Grammy nos últimos 2 anos e consegue lidar com a equação “lançamentos x fãs” através de uma plataforma de conteúdo exclusivo, chamada Nest HQ. Seu primeiro álbum Recess estreou como nº1 no chart da Billboard em Março deste ano. Diplo Famoso e experiente produtor musical, já produziu músicas para artistas como Beyoncé, No Doubt e M.I.A. e também é responsável pelo grupo Major Lazer. Sua gravadora Mad Decent ficou conhecida mundialmente após o sucesso do hit “Harlem Shake” e é considerada uma das mais inovadoras companhias da indústria da música. Talentoso e charmoso, o americano também é conhecido por sua falta de pudor em redes sociais. (O fato das duas figuras mais influentes do mercado terem montado um projeto chamado “JACK U” pode, ou não, ser uma coincidência). Armin Van BuurenO holandês de 37 anos possui uma carreira de mais de uma década como um dos maiores músicos dedicados à trance music, considerada uma “afilhada” da EDM para os meios de comunicação americanos, como a Billboard. Sua gravadora Armada Music possui mais de 25 sub-labels e é responsável por milhares de lançamentos do ano. Além de números impressionantes de datas por ano, Armin permanece sempre entre os melhores DJs do mundo segundo o popular ranking da DJ Mag inglesa. Pete TongSegundo a Billboard, não há ninguém mais responsável pelo “tastemaking” da geração eletrônica do que o inglês, que há três décadas comanda o programa de rádio Essential Mix na BBC Radio 1 todos os sábados – o programa de 2 horas que seleciona um set mixado a cada edição já ultrapassou 700 shows. Desde 2008, Tong também é responsável pelo lado eletrônico do management de artistas William Morris, que agencia desde artistas de Hollywood até cantores de pop e rock de renome. Annie Mac & Danny Howard Os DJs e apresentadores são responsáveis, respectivamente pelos programas de rádio da BBC Radio 1 The Culture Show e Superstar DJ (a competição), a dupla soma quase 3 milhões de ouvintes a cada vez que vão ao ar. Pasquale Rotella Através de um acordo firmado com a gigante do mercado de eventos Live Nation, a Insomniac (empresa de Pasquale Rotella) passou a possuir, desde 2013, acesso à infraestrutura e capital de uma das maiores empresas do ramo. Não à toa, eventos como Electric Daisy Carnival (EDC) foram expandidos para diversas cidades e chegaram a receber 2 milhões de pessoas em suas edições espalhadas por três países (Estados Unidos, Méxido e Reino Unido). Robert Sillerman Com quase 70 anos, o presidente da SFX é um dos mais influentes personagens na ascendência da EDM em todo o mundo. Sua marca é hoje dona dos festivais Tomorrowland, TomorrowWorld, Mysteryland, da empresa de ingressos Flavorous e do portal líder em venda de música eletrônica, o Beatport. A empresa possui sua própria agência de marketing, a SX1, especializada no comportamento da nova geração, os chamados Millennials. A arrecadação em vendas de ingressos de todas as 60 marcas que fazem parte da SFX foi de U$314 milhões em 2013. James Barton Fundador da marca Creamfields, presente há mais de 20 anos no mercado, hoje Barton responde pelos investimentos em música eletrônica do grupo Live Nation. A empresa é dona de seis dos 10 maiores festivais dos EUA – em 2013, atingiram a marca de 472 festivais no mundo. Dundan Stutterheim No início dos anos 90, Duncan fundou a empresa ID&T, e construiu grandes marcas na Holanda, como Mysteryland, Sensation e o famoso festival Tomorrowland. Em 2013, a SFX comprou a ID&T por 130 milhões de dólares, catapultando as marcas a um nível global. Para o Tomorrowland 2014, mais de 400 mil ingressos foram vendidos antes mesmo da divulgação do line-up. Paul Morris Responsável pela AM Only, agência de DJs fundada em 1996, hoje tem contratos com nomes fundamentais do mercado da EDM como David Guetta, Skrillex, Tiësto e Above&Beyond. Joel Zimmerman Trabalhando como manager de artistas como Kaskade, Deadmau5, Calvin Harris e Afrojack, Zimmerman (ou Deadmau5) foi responsável por lançar a divisão eletrônica da William Morris Endevour, catapultando os DJs de EDM a headliners em festivais e criando toda a cultura de tastemaking em torno da EDM. Hoje, é o chefe da organização de 50 profissionais responsáveis pelo booking de cerca de 200 nomes da EDM mundial. Russell Faibisch e Adam Russakoff Os fundadores do Ultra Music Festival iniciaram o festival em 1999 e foram indiscutivelmente grandes responsáveis pela globalização da música eletrônica. Hoje, com edições que vão de Miami até a Coréia do Sul, orgulham-se de um público de quase 600 mil pessoas participantes dos eventos a cada ano. Amy ThomsonManager do trio Swedish House Mafia, Amy rompeu uma barreira ao apresentar o primeiro show de EDM no Madison Square Garden, espaço até então destinado a estrelas como os Rolling Stones e times de basquete. O SHM vendeu 13 mil ingressos em apenas 9 minutos para o show. Glenn Mendlinger Um dos grandes responsáveis pelo selo Astralwerks, já lançou desde Chemical Brothers e Fatboy Slim até Porter Robinson, Empire of the Sun, Swedish House Mafia e Deadmau5. O selo já teve quase 70 músicas entre as top 10 do chart Dance Club da Billboard desde 1999. Patrick Moxey O presidente da divisão eletrônica da Sony Music, a Ultra Recordings, foi responsável por catapultar ao mainstream o hit “Feel So Close” de Calvin Harris em 2011, e hoje trabalha com nomes como Steve Aoki, Zeds Dead e Steve Angello. Também citados pela Billboard: Ash Pornouri: Manager do DJ Avicii, responsável pelo grande império criado a partir dos hits do produtor sueco. Mark Gillespie e Dean Wilson: Managers de Deadmau5, Nero e Sasha, também estão por trás de um programa sobre EDM para a HBO. Ed Shapiro: Advogado de artistas como Kaskade, Eric Prydz e Above&Beyond. Tim Smith: Manager de artistas como Skrillex, Boys Noize e Zedd. Steve Angello: Ex-Swedish House Mafia e fundador da Size Recordings. Eelko van Kooten and Roger de Graaf: Fundadores da Spinning Records. Fonte: Billboard.com Por Bruna Calegari do RMC
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top