sábado, 14 de setembro de 2013

Rock in Rio 2013: Com alta tecnologia, David Guetta transforma Rock in Rio em pista de dança

"Nós vamos transformar esse lugar na maior discoteca do mundo!", gritava David Guetta durante o início da ingrata missão de manter a animação de um público voltado ao pop no primeiro dia do Rock in Rio 2013, que começou nesta sexta-feira (13), no Rio de Janeiro. Colocado como uma das atrações do Palco Mundo, Guetta se apresentou entre as cantoras Ivete Sangalo e Beyoncé. E se o objetivo era manter a energia alta para o desfecho com a diva norte-americana, Guetta conseguiu. A primeira resposta positiva dos fãs do DJ veio com "Play Hard", som que ele gravou ao lado de Ne-Yo e Akon em 2011. No palco, luzes piscavam, gelo seco era lançado e até mesmo o palco se elevava: tudo construído para passar a impressão de que o festival em si havia sido abduzido e trocado por uma pista de dança. Embora Guetta pareça repetir um repertório seguro e já aguardado, quem esteve na "pista" do Palco Mundo pouco notou a diferença. Mesmo quem não cantava ou dançava conseguia pelo menos ficar hipnotizado pelo espetáculo de cores vindo dos diversos canhões e feixes de luz -- sem falar nas pirotecnias. Entre uma versão inusitada de "Song 2", do Blur, editada com toda a voltagem de Guetta, e uma chuva de papel picado, o artista francês ia desfilando seu repertório, que contava com músicas como "Titanium" -- gravada com Sia. Guetta falava muito com a plateia, agradecendo pelo carinho e convocando o público para agitar o show. Sobrou "I Love You" em plaquinha e coraçãozinho para a plateia toda hora. Mas houve também espaço para uma pequena cutucada. "Não sei o que está acontecendo hoje: um lado parece estar agitando como nunca, enquanto o outro parece que está com sono", chiou o DJ na metade da apresentação. E deu certo. Ao longo do show, quase toda a extensão do Palco Mundo ia aumentando a dose de empolgação conforme a marcha de hits com momentos de "explosão" ou clímax ia prosseguindo. Das proximidades da grade até depois da torre de onde partem os que se arriscam na tirolesa, todos começaram a dançar, com Guetta emendando uma música na outra. Tido como o melhor DJ do mundo por revistas especializadas, Guetta já vendeu mais de 3 milhões de cópias de seus álbuns e 15 milhões de singles. Ele também já obteve três prêmios Grammy. As credenciais do artista foram mais uma vez reafirmadas durante o festival. Quem quis dançou até a última música e fez do show de Guetta um dos destaques internacionais em um dia voltado para ritmos brasileiros -- desde a MPB de Maria Rita até o axé de Ivete Sangalo. A missão, antes de entrar no palco, ainda que não oficial, era: manter a festa quente até Beyoncè fechar a noite. Guetta parece ter conseguido o feito.
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top