quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Madonna lança o Secret Project Revolution em Nova York e luta pela liberdade de expressão

ASSISTA AO SECRET PROJECT REVOLUTION!Carta da Madonna sobre o Secret Project Revolution: Queridos lutadores da liberdade, É importante que vocês saibam que eu não fiz esse filme porque eu queria. Eu o fiz pois TINHA que fazer. Depois de viajar o mundo no ano passado testemunhando uma enorme quantidade de discriminação, intolerância e fanatismo, eu senti que precisava fazer uma declaração com esse filme. #secretprojectrevolution Um manifesto pessoal, posso assim dizer. Eu não posso separar os direitos de um artista com os direitos de um ser humano. Um artista tem a responsabilidade não somente de fazer a sociedade refletir mas moldá-la e quando o governo ou a sociedade em que vivemos tentam tirar esse direito, nós não apenas silenciamos o artista, mas silenciamos o espírito humano. Eu não posso apenas ficar assistindo isso acontecer. Pois isso, para mim, isso será e é o colapso da civilização que conhecemos. Nós temos que lutar pelo direito em sermos LIVRES. Como artistas. Como seres humanos. Eu gostaria de agradecer Steven Klein por compartilhar suas visões comigo, além do BitTorrent e VICE por me darem essa plataforma para expressar a minha preocupação, meu desespero e a minha indignação. E finalmente, minha esperança por um futuro melhor e brilhante para todos nós. Esperançosamente, que esse filme inspire um movimento e dê voz às pessoas ao redor do mundo que sinta o mesmo que eu. Vá ao artforfreedom.com e divida sua arte comigo e outros que precisam ouvir sua voz. Eu quero iniciar a REVOLUÇÃO DO AMOR. Você está comigo? Com amor, MADONNA Carta de Steven Klein sobre o Secret Project Revolution: Eu gosto quando a arte é acidental, quando o inconsciente nos leva a um lugar inesperado. Nesse caso, o lugar é o Secret Project Revolution. Da minha perspectiva, demonstra como o pensamento ofusca o livre arbítrio. Esse filme é um alerta: um conto cauteloso traduzido cinematograficamente. Por Steven Klein Madonna levanta novamente a bandeira de luta em resgate de uma humanidade perdida. "Eu quero começar um revolução. Democracia parece não existir mais. A liberdade de expressão soa mais como um slogan. A revolução não será um aplicativo, não estará disponível na internet. Esta será a revolução de pensar por si mesmo. De ter sua própria opinião. Será a revolução do amor", diz ela durante o vídeo de 17 minutos de duração. Sob seus olhos de diretora ao lado do fotógrafo Steven Klein, Madonna moldou o curta em preto e branco com muita performance artística e cenas que envolvem um cárcere. A rainha do pop interpreta dois papeis, um deles, uma prisioneira, o outro, uma carcereira assassina. Liberdade de expressão, sexualidade, racismo e religião são abordados e discutidos no curta. Ao final, ela ainda deixa clara a mensagem e o próposito deste projeto: "este filme é dedicado àqueles que foram perseguidos, estão sendo perseguidos, ou podem vir a ser perseguidos. Por causa da cor da sua pele, sua religião, sua expressão artística, seu gênero ou sua preferência sexual. Qualquer um cujos direitos humanos tenham sido violados". Os fãs que optarem em realizar o download do vídeo através do site BitTorrent ainda levam de lambuja fotos e os trailers do projeto em alta definição. E quem registrar uma conta de e-mail, também poderá baixar uma entrevista e duas mensagens escritas por Madonna e Steven Klein. Atenta ao movimento colaborativo, Madonna propõe o diálogo via internet com qualquer pessoa que queira contribuir com o projeto, enviando fotos, textos e vídeos com a hashtag #artforfreedom através do site criado por ela e pelo fotógrafo Steven Klein. Desde Julho que se sabia que Madonna estaria prestes a voltar aos holofotes, não se sabia era como. Previa-se que não fosse com novo álbum, mas – diziam os rumores – com uma qualquer iniciativa global sobre formas de intolerância, tendo em conta o teaser então divulgado. Pois bem, esta semana foi revelado e o segredo de Madonna é, para já, uma curta-metragem de 17 minutos sobre a liberdade de expressão. Intitulado "Secret Project Revolution", o novo projecto de Madonna foi feito para o Art ForFreedom em parceria com o fotógrafo Steven Klein, ligado ao universo da moda, e pretende chegar a todos os cantos do mundo. Já por isso foi divulgado online, no Youtube, e disponibilizado ainda para download. O desafio está lançado e depois de Madonna falar em defesa de “todos aqueles que foram perseguidos, estão a ser perseguidos ou serão no futuro pela sua cor de pele, as suas crenças religiosas, as suas expressões artísticas, género ou preferência sexual”, pede que respondemos à pergunta: “O que significa a liberdade para ti?” As respostas podem ser feitas na forma de vídeo, música, poesia e fotografia. É assim, sob a forma de convite à “revolução do amor”, que Madonna espera não só despertar as atenções para o problema da falta de liberdade de expressão no mundo como dar a possibilidade a que qualquer pessoa se possa manifestar e exibir as suas criações artísticas. “O meu objectivo é mostrar pelo exemplo do Secret Project Revolution o meu compromisso criativo de inspirar a mudança no mundo através da expressão artística”, destacou a cantora em comunicado, mostrando-se esperançosa que o seu filme e todos os trabalhos que venham a ser apresentados no Art ForFreedom sejam uma chamada de atenção para o que acontece no mundo. “Espero dar um lugar às pessoas onde possam ter a sua própria expressão criativa para ajudar a combater a opressão, a intolerância e a complacência.” A par desta curta-metragem, Madonna divulgou ainda uma entrevista de quase 40 minutos com Eddy Moretti, jornalista da Vice, parceira desta iniciativa – a curadoria dos trabalhos apresentados ficará a cargo da revista. O serviço BitTorrent, através do qual o material está todo disponível para download, é o outro parceiro do projecto. Nesta entrevista, Madonna, além de explicar a ideia da iniciativa e aquilo que espera conseguir, fala da sua experiência pessoal, desde a infância até aos dias de hoje, mas sempre no sentido da pressão que foi sentido ao longo do tempo. Pressão contra a qual a cantora dá agora voz. “As pessoas têm medo, o que acontece quando as pessoas têm medo?”, pergunta Madonna, que aparece na curta, rodada a preto e branco, atrás de umas grades. “Tornam-se intolerantes, começam a apontar o dedo a outras pessoas”, continua a cantora, que grita por liberdade e pede uma revolução. “É tempo de acordar antes que seja tarde de mais. A história está a repetir-se. Não vêem um padrão aqui? Vivemos num tempo muito assustador. Ou devo dizer que nós nem sequer vivemos?” A cantora Madonna, de 55 anos, lidera a edição de 2013 do ranking da Forbes com a renda de celebridades, depois de faturar estimados 125 milhões de dólares no último ano. O valor decorre principalmente da turnê MDNA, que faturou 305 milhões de dólares, mas inclui também lucros relativos à venda de roupas e perfumes, além de vários investimentos. O cineasta Steve Spielberg, cujo longa-metragem "Lincoln" fez sucesso nas bilheterias no último ano, ficou num distante segundo lugar, com 100 milhões de dólares acumulados no período encerrado em junho. No caso de Spielberg, a renda veio principalmente dos direitos sobre filmes antigos, como "ET" e "Parque dos Dinossauros". Em terceiro lugar, empatados com um rendimento estimado em 95 milhões de dólares, ficaram a escritora E.L. James, de "50 Tons de Cinza"; o radialista Howard Stern; e o músico e produtor de TV Simon Cowell.
Share this article
 
Copyright © 2014 BLOG DO RICKY • Some Rights Reserved.
Template Design by RICKY MEDEIROS • Powered by Blogger
back to top